Notícias

18/05/2020

Laboratório da Minuano tem novo resultado satisfatório

O Laboratório de Análises Microbiológicas da Cia Minuano possui reconhecimento da Rede Metrológica do Rio Grande do Sul para a norma ABNT/ISO IEC 17025 desde 2017.

Possuir a competência técnica reconhecida possibilita à empresa a credibilidade dos relatórios de ensaio emitidos pelo laboratório para a garantia da qualidade da produção e apresentados ao Ministério da Agricultura, através do SIF instalado e atuando permanentemente na empresa.

Para manter esse nível de qualidade, realiza-se uma série de atividades exigidas pela norma, entre elas, a rastreabilidade total dos dados brutos das análises, o uso de microrganismos de referência (cepas) para confirmação dos ensaios diários, a calibração dos equipamentos, e a participação em programas de proficiência, por exemplo.

Os programas de proficiência tem o objetivo de comparar os resultados de diferentes laboratórios para um mesmo tipo de ensaio (exame) de um mesmo tipo de amostra e verificar se estes permanecem dentro de uma margem aceitável ou se são iguais, quando se compara ensaios qualitativos, onde o resultado possível é: ou presença ou ausência.

A cada ano, o laboratório da Cia Minuano realiza comparações em pelo menos metade de seu escopo de serviços, ou seja, cerca de 10 ensaios/ano representando um investimento aproximado de 10 mil reais.

Neste ano tivemos a oportunidade de participar de um programa internacional visto que não há programas nacionais para um microrganismo em específico: Campylobacter spp. A proficiência foi realizada com o provedor LGC, do Reino Unido. Participaram 64 laboratórios na comparação e destes 60 foram proficientes, incluindo o Laboratório da Minuano

Na segurança de alimentos Campylobacter é uma das principais causas de diarreia em humanos, em vários países superando Salmonella em importância. Este microrganismo é muito frequentemente associado com a síndrome de Guillain-Barré e gastroenterites agudas veiculadas por alimentos.

Campylobacter é um organismo zoonótico (provoca doenças em animais que podem ser transmitidas a humanos) encontrado no trato intestinal de vários animais. As aves são referidas de forma particular como vetor do microrganismo, pelo que são consideradas uma das principais causas de Campilobacteriose, quer pelo seu consumo (mal cozidas) ou como fonte de contaminação cruzada de outros alimentos prontos a consumir como, por exemplo, as saladas.

Este microorganismo é muito sensível ao ar, secagem, baixo pH, aquecimento, congelamento e estocagem prolongada, podendo sofrer injúrias que dificultam sua detecção. Provavelmente, por essas características, poucos laboratórios trabalham com a oferta desse serviço de análise o que se reflete também nos programas de comparações interlaboratoriais.

Para ter uma ideia, no Brasil, de todos os laboratórios privados credenciados no Ministério da Agricultura, apenas cinco que realizam essa análise. Sendo dois no Paraná e três em São Paulo.

Esse resultado, obtido pelo Laboratório, é motivo de muito orgulho e por isso merece ser compartilhado! Representa a qualificação técnica da equipe do laboratório, a dedicação de todos os setores de apoio que dão suporte às atividades e evidencia mais uma vez, o comprometimento da direção da empresa com os investimentos necessários para permitir a manutenção do Reconhecimento do Laboratório.

O laboratório atende somente demandas internas e o escopo de reconhecimento do laboratório pode ser consultado neste link: https://redemetrologica.com.br/laboratorios-reconhecidos/1128

Comentários

*Ainda não existem comentários sobre essa notícia. Seja o primeiro a deixar sua opinião!